Total de visualizações de página

sexta-feira, 1 de abril de 2011

Só aceite o que for bom

Existe uma história, que conta que um monge estava meditando com seu discipulos, quando um outro monge chega e começa a  ofende-lo de todas as maneiras, tentando  tirar o monge de sua tranquilidade. Comete   contra ele as piores ofensas e injurias.
Os discipulos indignados chegam para o mestre e perguntam : - Mestre o senhor não vai fazer nada contra ele?
O mestre calmo e sem se abalar com a situação, respondeu :
Se alguém chega com um presente e lhe oferece e você não aceita  de quem é o presente?
Ao que todos responderam de quem o trouxe é claro.
Uma grande verdade está história se aplicada em nosso dia- a dia quando nos deparamos com ofensores, não importa em que lugar se aceitarmos e  nos ligarmos as ofensas, humilhações que nos  queiram impor, estaremos recebendo  o presente, mas se ao contrário se apenas sorrirmos internamente e entendermos que pessoas assim estão muito doentes não estaremos recebendo o presente, que ficará com a própria pessoa.
Nós não somos daqui, estamos aqui.
Pense assim  quando estiver passando por alguma humilhação ou ofensa: este presente não é meu.
Eu não sou desta situação, apenas estou passando por aqui no momento.
Eu vou muito além de tudo isso.
E se eu me permitir aceitar este presente, ficarei tão doente quanto quem está  me ofendendo.
Tudo é uma prática constante.
Só aceite o que for bom.
AMÉM.

Nenhum comentário:

Postar um comentário