Total de visualizações de página

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Tornar a vida mais harmoniosa


 Texto do site www.personare.com.br






O subconsciente não entende a linguagem das palavras, mas sim a linguagem das imagens. Quando sonhamos, sonhamos imagens. O sonho não tem som. É nossa mente consciente que monta o diálogo ou os barulhos em função dos sentimentos que as imagens do sonho produziram.
Partindo desse princípio, podemos inferir que se as imagens ficam gravadas no subconsciente e que nosso subconsciente nos "dá ordens" e nos conduz a experiências reais - não necessariamente experiências materializadas, mas certamente a experiências sensoriais, praticamente "concretas" - usar a imaginação pode ser um recurso para proteção, para conquistas e até mesmo para diversão.
Basta imaginarmos uma situação perigosa para que tenhamos a sensação de estarmos realmente em perigo, não é verdade? Se imaginamos um encontro com alguém amado, chegamos quase a sentir o calor do abraço, podemos nos excitar só de imaginar aquele beijo ardente. Também nos sentimos leves se imaginarmos que estamos voando nas asas de um condor, observando a paisagem andina.
Ora, se a imaginação é tão poderosa, por que não podemos condicionar conscientemente o nosso subconsciente - que entende a linguagem das imagens - para tornar nossa vida mais harmoniosa e, por que não dizer, mais espiritualizada?

Nenhum comentário:

Postar um comentário