Total de visualizações de página

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Todo dia uma poesia!



Madrigais se correspondem com a dança das brisas!
Vespertina lua pesponta no céu, meiga e altiva!
Lírios, amores-perfeitos, perfazem bridas...
Amor resplandece campos; paz sensitiva.

Bruxuleantes nuvens belas passeiam insinuantes,
No azul turquesa do céu. Nesta linda tarde meiga
Garbosos pássaros chilream. Caem tão quedantes,
Cachoeiras caem! Com o aluado da lua leiga...

Fulgurantes brilhos despontam. Reluzem
Dourados tons espectrais. E fazem
Resplandecer brumado tom suave.
Transcendência do Anjo invade

Toda esta exuberância, na bela esplanada!
Vem Ele, trazer-nos auguras tão sonhada.
Reafirmando o dom desta vida idolatrada,
No bem do amor. Em vivências espelhadas!


 Este poema é do meu Amigo Odenir Ferro!
Embaixador da Paz.
Poeta e Escritor
O POEMA SE CHAMA
O Anjo que invade.

Um comentário:

  1. Olá, minha grande amiga TUCA MIRANDA:
    Acabei de postar esta página na minha conta
    do Twitter.
    Bjs., Gde. Abraço,
    Excelente semana
    Odenir Ferro

    ResponderExcluir