Total de visualizações de página

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

"Vão-se os anéis e ficam os dedos"



Amém, os dedos ficam. Os dedos ficam para prosseguir com coragem, fé e determinação
Amém os dedos ficam. Os anéis se vão, mas os dedos ficam.
E com eles o novo recomeço, um novo renascer, uma nova estrada. E  a possibilidade de uma nova caminhada, uma nova paisagem, outra janela, outra porta.
Amém os dedos ficam, e com eles a vontade de amassar novamente o barro da vida.
Amém os anéis se foram, mas os dedos mesmo com arranhões ficam para abraçar a vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário